29 de set de 2009

Escondidinho de Charque




Rápido esclarecimento:
O charque é conhecido também como carne seca. Tem uma salga mais forte que a carne-de-sol e também é seca ao sol e ao vento (forma caseira). É muito utilizada, principalmente no Nordeste do Brasil. Por se nenos salgada a Carne-de-sol, mantem a cor avermelhada.
Segue uma das receita já testada pelos Nordestinos na Cozinha:
O Escondidinho de Charque
O escondidinho pode ser servido como petisco, para acompanhar uma cerveja gelada ou como prato principal. Neste caso o único acompanhamento necessário é uma salada leve, com alface, tomate e cebolas.

Ingredientes:

500g de carne de charque cozida e desfiada
500g de cebola cortada em tiras grossas
6 dentes de alho grandes espremidos
1,5kg de macaxeira (também conhecida como mandioca ou aipim)
2 colheres de sopa de manteiga
sal e pimenta a gosto
50g de queijo ralado

Um pote de requeijão
óleo para fritar a carne



A Peleja:
Cozinhe a macaxeira com sal até ficar bem macia. 

Bata no processador ou no liquidificador com um pouco da água do cozimento até formar uma pasta grossa. Leve de volta ao fogo com a manteiga, fazendo um purê. Reserve.

Frite a carne de charque com a cebola roxa e o alho e tempere com a pimenta a gosto. Não deixe ficar muito seca.

Em um refratário faça uma camada com metade do purê, despeje por cima a carne, coloque uma boa camada de requeijão e cubra com o restante do purê de macaxeira. 

Polvilhe com o queijo ralado e leve ao forno até dourar (uns 30 minutos).

Dica:

Dessalgando a carne seca:

No dia anterior ao uso do alimento: Corte o alimento em pedaços menores e deixe de molho na água fria e na geladeira por 12 horas no mínimo, trocando toda a água de quatro em quatro horas.  
Após realizar esse processo cozinhe na pressão por 30 minutos, descarte a gordura e desfie com as mãos ou com o auxílio de um garfo

Pronto.

Inté!!

Um comentário:

  1. adoro essa receita,faço 1 vez por semana eu almoço,janto e tomo café kkkkkkkkk

    ResponderExcluir