19 de out de 2009

Maxixada ao Rubinho


To com uma vontade arretada de comer maxixada! Pense numa vontade de grávida! E aqui em são paulo é tão difícil achar maxixe quanto sangue de galinha pra fazer cabidela. Mas eu tive mais sorte que Lula. Achei num supermercado e resolvi preparar uma pra hoje. Já que não consegui ingresso pra Fórmula 1, vou comer minha maxixada e torcer pro Rubinho comer o Button de côco.

Reconhecimento dos ingredientes:
.Uns 400 gramas de maxixe
.Meio quilo de charque
.Uma cebola grande
.Um tomate grande
.Duzentos gramas de jerimum
.1/4 de um pimentão amarelo
.Coentro e cebolinha
.Um vidrinho de leite de coco

Alinhamento pro Grid:
Pegue a charque, trate, tire a gordura, peles e etc. Corte em pequenos pedaços e ponha na água quente para dessalgar. Vá trocando a água e provando a carne até perceber que está com pouco sal. Não se deixe enganar. Se tiver “salgadinha”, ainda fica mais um pouco. Lembre-se que você está provando um pedacinho. Imagine comer um prato!
Feito isso, deixe escorrendo numa peneira e bote numa panela (de preferência de alumínio) um pouco de cebola e um pouco de óleo. Deixe refogando. Quando a cebola estiver ficando clara, acrescente a charque. Vá mexendo até ela fritar. Terminado, reserve.
Pegue o maxixe, lave e se quiser, tire os “espinhos” que recobrem ele. Lave e corte em pedaços pequenos (em quatro partes). Pegue o pimentão e corte em tiras. Corte a cebola e o tomate em pequenos pedaços também. Corte o jerimum também em pequenos pedaços.

A corrida:
Se tiver uma panela de pedra, de barro ou similar, use. Vai dar um sabor especial. Pegue um pouco de azeite e refogue a cebola e o tomate. Quando estiverem “molinhos”, acrescente o pimentão e misture. Depois, acrescente o maxixe, misture e acrescente uns 200ml de água. Quando ferver, acrescente o jerimum e deixe tudo lá dentro. Cozinhando. Leva uns 20 minutos cozendo.
Ai, é hora do Pit stop. Abra a panela e acrescente a charque, que até então estava ali, quietinha. A minha eu cortei em pedacinhos pequenos. Volte a panela pro fogo e deixe mais um pouco. Acrescente a cebolinha e coentro ao seu gosto. Deixe cozer mais um pouco. Quando achar que está bom (você vai saber pela cara da comida), acrescente o leite de coco. Aguarde 3 minutos e bandeira quadriculada pra sua maxixada!

O Pódio:
Se tiver caldo, faça um pirãozinho. Sirva com arroz branco e uma pimenta legítima.
Pronto! Já fiz minha parte. Agora vou ali pra T.V. ver se o Rubinho faz parte dele! Vamo Rubinho! Pra cima dos caras!

update:
A quizila do rubinho abateu até a minha maxixa, rapaz! Opraí!! Apesar do rubinho ter perdido o campeonato, a minha maxixada teve salvação. O leite de coco nao era dos melhores, por isso o gosto nao ficou como eu queria. Mas, como nao sobrou nem a raspa do tacho, podem seguir a minha receita que o campeonato tá garantido. Até a próxima.

By Adautchello de Menezes

Nenhum comentário:

Postar um comentário